Banda larga popular irá custar até R$ 29,80 em SP

Mauricio Shinmi

Escrito por Mauricio Shinmi

20 | 10 | 2009
Tempo de leitura < 1 min de leitura

Atualmente muitos brasileiros possuem computador, porém devido ao alto valor do serviço de banda larga, poucos possuem acesso à internet, e acabam utilizando pontos públicos e lan houses para usar o serviço.

Por isso o governo de São Paulo resolveu criar pacotes populares que custarão até R$29,90. O valor foi possível graças a uma parceria do governo de São Paulo com as operadoras, em troca as es empresas pagarão menos impostos.

“As operadoras não são obrigadas a aderir ao programa, porém de acordo com pesquisas metade das casas paulistas não tem acesso à internet e 2,5 milhões têm computador mais não internet. Onde essas pessoas são usuários em potencial.” disse Alexandre Araújo (diretor da Prodesp).

Aos clientes que adquirirem o pacote, receberá o modem, instalação e o provedor de acesso à internet, onde a velocidade da conexão irá variar entre 200 Kbps e 1 Mbps.

Antes dessa iniciativa os valores mais baixos de internet de banda larga cobradas em São Paulo eram de R$ 49,90 (Net Virtua e Speedy, para pacotes de 500 Kbps) e R$ 74,90 (Ajato, para pacote mensal de 4 Mbps).

Apesar do pacote de banda larga mais barato ser voltado para a população de baixa renda, ele não é restritivo e pode ser adquirido por qualquer pessoa.

Sobre o autor

Mauricio Shinmi

Mauricio Shinmi

Com 17 anos de experiência na área de marketing digital e SEO, está na lista dos 50 maiores especialistas de Wordpress do Brasil, faz parte do conselho de tecnologia e inovação de Presidente Prudente - SP, certificado 8'Ps, UX, Google Sales e sócio fundador da Oxigenweb.

Deixe seu comentário

7 + onze =

Leia Também