fbpx

Como as redes sociais e ferramentas de busca conhecem os meus interesses?

24.02.2021

Já notou aquele momento estranhíssimo quando abrimos nossas redes sociais – principalmente o facebook – e logo de cara já nos deparamos com um anúncio de algum produto ou serviço que mencionamos recentemente? 

Muita gente tem teorias a respeito disso, com a sensação de que estamos sendo espionados e tudo mais, mas na realidade, é bem menos misterioso do que alguns especulam. Conheça hoje, algumas estratégias por trás da métrica de anúncios personalizados do Google e Facebook.

Cookies

No final das contas o grande responsável por esse ato bizarro são os cookies (arquivos criados pelos websites que você visita). Eles facilitam – e muito – a sua navegação, sempre relembrando:

  • Sites que você já visitou;
  • Palavras chaves que já pesquisou;
  • Produtos
  • Suas senhas, caso tenha dado a devida permissão. 
  • E uma infinidade de outras coisas. 

Todos esses dados ficam armazenados para melhorar os serviços disponíveis e também agilizar todo o processo.  Quando trazemos para o lado da publicidade, eles são extremamente necessários. É com eles que as campanhas feitas nas mídias sociais se tornam mais assertivas, pois revelam o perfil do público que eu preciso lidar, dando macetes para que meu anúncio chegue com precisão para quem deve receber. 

Pixel (Facebook e Instagram)

Quando falamos do Facebook, temos uma ferramenta analítica chamada Pixel. Ela tem como principal função fazer a integração entre a própria experiência de consumo do público-alvo e as compras deles com as redes sociais. Com esse recurso é possível que dados sejam gerados e rastreados, utilizando disso para trabalhar assertivamente em serviços no Facebook voltados para a publicidade. 

Google

No Google a situação não é diferente do Facebook. Se você estiver com o rastreador do seu aparelho celular ligado, ele saberá onde e quando você esteve nos lugares. Ele também tem acesso a todas as suas pesquisas feitas, armazenadas e deletadas. Com todos esses dados diariamente gerados, ele saberá qual é o seu perfil e direciona para você anúncios relevantes e do seu âmbito social e financeiro, juntamente com seus interesses.

Então, no final das contas a internet não é uma terra sem lei, não é mesmo? Tudo fica registrado e não existe nenhuma teoria maluca ou de outro mundo para explicar os anúncios que aparecem para nós após pesquisarmos determinados produtos, locais ou pessoas.

Sobre o autor

1

Rebeca

Tenho 23 anos, moro em Presidente Prudente - SP, sou graduanda em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda pela Universidade do Oeste Paulista e atualmente no último termo do curso. Sou apaixonada por criar conteúdos e no momento exerço função de Social Media na Oxigenweb.

Deixe seu comentário