Como divulgar sua empresa em tempos de crise

Alana Rosa

Escrito por Alana Rosa

04 | 08 | 2015
Tempo de leitura 3 min de leitura

Vivemos em tempos de crise econômica e em consequência disso as empresas sofrem a cada dia com as incertezas do mercado. Assim, torna-se cada vez mais importante fidelizar e conquistar os clientes.

Marketing crise

Com a diminuição do consumo e a insegurança dos investidores, os empresários possuem cada vez menos capital em caixa e entram em uma difícil batalha para alocação de recursos nas diversas áreas da empresa. Com pouco dinheiro cortar gastos torna-se crucial para a sobrevivência do negócio.

Normalmente o Marketing é um dos primeiros setores que sofrem com o corte de verbas, mas o maior erro que pode ser cometido é desvalorizar o poder do Marketing na luta para sair da crise. A razão é que por mais que seja possível reduzir gastos, alguns desses são importantes para o funcionamento do negócio e o bem-estar de funcionários, clientes e investidores. É essencial que haja um aumento nas receitas; a sua marca não pode desaparecer da mente das pessoas e a ordem do dia torna-se gastar com inteligência e foco para comunicar de forma eficiente, buscando fazer valer a máxima de que em momentos de crise surgem também as grandes oportunidades.

Veja algumas dicas para fazer um bom marketing sem abusar do orçamento:

  • Foque no seu usuário – Não é barato anunciar, entender os seus usuários e os pontos de contato entre ele e o seu produto/serviço são essenciais para uma comunicação eficiente e eficaz para o seu negócio. Sabendo tudo sobre ele você já terá as informações necessárias para investir, sem o risco de estar perdendo tempo e dinheiro.
  • Não devemos encarar algo tão importante como o diálogo com o seu cliente como uma coisa simples ou que todo mundo pode fazer – Existem muitos profissionais que dedicam anos de suas vidas a entender o que há por trás de qualquer outdoor, spot de rádio ou postagem em uma rede social. A comunicação é composta de emissores, receptores, mensagens, códigos, mídias, ruídos e feedbacks. Todos esses componentes são importantes e não devemos deixá-los sob a responsabilidade de leigos.
  • Profissionais capacitados – Trabalhar uma marca não é algo simples e não é um serviço de “prateleira”, cada cliente, cada realidade, exige um trabalho específico e que exige capacitação e pesquisa. Busque empresas com experiência (mas tenha em mente que muitas jovens agências podem realizar bons trabalhos), com bons profissionais, antenados com as tendências e que entenda a dinâmica do seu negócio.
  • Boa comunicação, sempre – Saber ouvir e se relacionar com seu cliente é a chave para estabelecer uma relação de confiança e extremamente importante para um diálogo saudável e produtivo. Saber enxergar nas entrelinhas e entender a melhor forma de traduzir valores e qualidades em mensagens criativas e eficazes, observar as interações do dia-a-dia com olhos e ouvidos bem atentos é o primeiro passo para uma boa comunicação.
  • Respeite os prazos – De um lado o “pra ontem” e do outro alguns prestadores de serviço aceitam qualquer prazo para não perder o cliente e entrega um trabalho de qualidade duvidosa. É preciso que cada empresa seja muito bem organizada internamente. É preciso estudar sempre as possibilidades de atuar em tal questão, testar as alternativas, monitorar e adaptar campanhas ao longo de um tempo razoável e evoluir a estratégia ao longo de sua execução.

O mercado é dinâmico e com as novas tecnologias e meios de comunicação, a atividade de vender e fazer marketing deve respeitar e trabalhar com essa dinamicidade. Seja eficaz! Em momentos de crise e pouca verba gastar bem é gastar certo, muitas vezes o barato sai caro!

Não existe receita de bolo para trazer aqueles clientes que vão salvar o seu negócio ou tirá-lo de uma crise, mas com essas dicas é possível utilizar de forma inteligente e eficaz os recursos que, estão escassos para todos.

Sobre o autor

Alana Rosa

Alana Rosa

Estudante de Publicidade e Propaganda. Movida por sonhos e pensamentos positivos.

Deixe seu comentário

quinze + 13 =

Leia Também