Google Analytics 4 – a nova era da coleta de dados

22.09.2022

Para quem trabalha com Marketing Digital, a coleta de dados é de muito importancia para sua estrategia. O Google Analytics é uma importante ferramenta de monitoramento e análise de site, sendo considerada uma das mais utilizadas do mundo. E a versão Google Analytics Universal, que vem sendo utilizada por mais de 15 anos, já tem data marcada para o seu fim, e isso vem causando muito burburinho entre os usuários. 

Em outubro de 2020, o Google lançou o Google Analytics 4, também conhecido como o GA4, que promete se adaptar mais à realidade em que vivemos, como rastreios de APPs, Web + Apps e ao fim dos cookies. 

Mesmo sendo uma versão evoluída da ferramenta, ela está levantando muitas dúvidas sobre a sua performance e o que vai acontecer com os dados captados na versão anterior. O que temos certeza, é que em julho de 2023 não teremos mais GA Universal rodando, então, se você ainda não atualizou, corra!

Mas afinal, o que muda de uma versão para outra?

A primeira e a mais impactante é o fim de cerca de 70% de relatórios prontos que tínhamos assim que instalávamos a tag no site. Agora isso mudou. É necessário configurar os eventos que deseja rastrear. A ferramenta traz alguns por padrão como visualização de página, rolagens, cliques de saída, pesquisa no site, engajamento de vídeo e downloads de arquivos.

Desde o lançamento do GA4, ao criar uma conta Google Analytics o layout que estávamos acostumados já sofreu alterações, mas ainda sim, é possível criar uma versão da UA nela.

De 2019 para cá, quando a ferramenta de busca foi penalizado na Europa por violar a GDPR seus esforços têm sido direcionados em criar uma ferramenta que consiga extrair dados de rastreios sem ferir as políticas de navegação da web, e o GA4 aparentemente é uma resposta às leis de privacidade mais recentes, onde a coleta de dados é feita de maneira diferente.

Coleta de dados

No Google Analytics Universal a coleta de dados eram feitas através de pageviews, dependia do carregamento da página para carregar o código de rastreio. Já no GA4 essa coleta é feita através de eventos, a ferramenta captura toda interação feita pelo usuário dentro do site ou app, como descer barra de rolagem, pesquisas dentro do site, cliques, entre outros, isso tudo de forma que preserve a privacidade dos navegadores, já que não faz armazenamento de IPs.

Promessas do Google com o Google Analytics 4

O Google garante trazer muito mais insight e relatórios personalizados de aplicativos e sites em uma única propriedade que nos dará maior embasamento de quem é a nossa persona, além de mais informações sobre a jornada do cliente.

Conta também com integração avançadas com outras ferramentas do Google, como:

– Google Ads que permite melhorar a otimização de performance e ROI das campanhas;

– Google Data Studio, onde os relatórios estão ainda mais refinados e eficazes em relação a segmentação;

– Google Search Console é possível personalizar as categorias de dados que você quer acompanhar dentro da plataforma

Outra novidade são as métricas de probabilidade, onde é possível não só analisar o que aconteceu em seu site/app como também prever e se preparar para as próximas ações dos usuários, tudo com base em comportamentos.

Para os apaixonados por SEO a ferramenta atendeu um pedido antigo relacionado a parâmetros de tagueamento de URLs, antes era possível obter 5 informações (origem, mídia, campanha, termo e conteúdo), e agora foram adicionadas mais 3 a essa lista (plataforma, criativo e tática de marketing).

A coleta com conta Google Analytics universal vai sumir?

A partir de junho de 2023 ela não computará mais dados novos, como o próprio Google vem avisando dentro da plataforma, mas sobre os dados antigos ainda não houve nenhum pronunciamento oficial.

Ah, e se você estiver prorrogando mudar do GA Universal para o GA4 por achar que vai conseguir migrar os dados de um para outro, saiba que isso não é possível, pois além da estrutura a coleta de dados é totalmente diferente.

Agora quero saber de você? Diante de todas essas mudanças, qual a sua opinião?

Sobre o autor

1

Jaqueline Lopes

Formada em Publicidade e Propaganda. Analista de Marketing Digital. Atuante em estratégias de SEO, Google Adwords, Google Shopping e Redes Sociais.

Deixe seu comentário