Hello, a nova rede social do criador do Orkut

Natalie Ferreira

Escrito por Natalie Ferreira

08 | 07 | 2016
Tempo de leitura 3 min de leitura

Orkut Buyukkokten, idealizador do finado Orkut.com, acaba de lançar (em 22/06/2016) uma nova rede social: a Hello, que já está no ar nos Estados Unidos, no Canadá, na Nova Zelândia e na Austrália. A rede foi anunciada em 2014, com a criação da startup Hello Network, no mesmo ano em que o Orkut estava sendo desativado.

A Hello está disponível para Android e iPhone (iOS) e, para baixa-la, é necessário utilizar a Google Play Store ou App Store de um dos países suportados, pois usuário precisa de um número de confirmação local para criar a sua conta, para onde será enviado um código de quatro dígitos para confirmação dos cadastro.

Depois de fornecer e-mail, senha e código, o usuário passará por uma configuração de seu perfil, que irá perguntar dados como gênero, data de nascimento, local, status de relacionamento e tentará achar amigos na rede social. O usuário deverá fazer então, um tipo de “teste de personalidade”, com perguntas múltiplas, onde será definido automaticamente seus gostos e paixões, definindo suas Personas e sugerindo possíveis contatos.

Personas

As “Personas” lembram as comunidades com Orkut, são um dos grandes diferenciais. Essas comunidades unem pessoas com gostos em comum e conecta o usuário a novas amizades. “Queremos fazer com que os relacionamentos sejam novamente divertidos”, ressalto Buyukkokten, no vídeo de lançamento da Hello.

O feed de cada usuário vai mudar de acordo com a Persona selecionada, por exemplo, pessoas que se interessam por cachorros ou esportes irão visualizar esse conteúdo específico na sua página.

Folio

Folio nada mais é do que o feed de publicações da Hello, assim como no Facebook. Nele, vai aparecer tudo do seu interesse, conforme suas escolhas de Personas. Por isso é importante selecionar suas preferências nas Personas, pois funcionam como filtros de publicações no seu perfil e no perfil dos outros usuários.

Match ‘por interesse’

O “Match” é uma das funções inéditas da Hello, que une pessoas automaticamente, a partir dos interesses em comum, similar ao Tinder, mas aberto a qualquer tipo de relacionamento. Por exemplo, pessoas que se interessam por jogos serão conectadas umas às outras.
Mecanismo de funcionamento

Assim como no Orkut e Facebook, você vai poder curtir e comentar as publicações, os comentários, inclusive, também podem ser anônimos. Não há opção de compartilhar a publicação de alguém, por enquanto.

O usuário poderá adicionar amigos, visitar perfis de outros usuários e enviar mensagens; tem também a opção de enviar expressões, como risada e piscada, e presentes. Como no finado Orkut, você poderá ver quem visitou seu perfil. Isso mesmo! A Hello ainda exibe quem visualizou seu perfil na central de notificações.

Níveis

A Hello classifica o usuário de acordo com o seu nível, incentivando os usuários a interagir mais. Quanto maior o número de posts, curtidas, comentários, envio de presentes e logins diários no aplicativo, você conquista experiência para subir de nível através dos milestones. A cada nível alcançado, o usuário ganha presentes, moedas e outros benefícios.

Quando chega ao Brasil?

Está prevista para chegar ao Brasil em agosto, até lá, os interessados podem acessar a página oficial da rede, onde poderão realizar um pré-cadastro, fornecendo nome e e-mail, para que sejam avisados quando a novidade entrar no ar no país.

Os brasileiros que moram nos países onde a Hello já está disponível estão marcando presença na rede social, fazendo posts em português ou inglês, eles não querem ficar de fora da novidade. Fazem publicações sobre o Brasil, piadas e os famosos memes, que não poderiam faltar.

Uma “rede amigável”

Sua proposta é de tentar ser uma rede social bem mais amigável, sem discursos de ódio ou outro tipo de ataque pessoal, já que o objetivo é “falar de coisas boas”, segundo seu criador.

“Hello é a primeira rede social construída através de amizades profundas, não “Gostos”. Eu inventei a hello para ajudá-lo a conectar-se com pessoas que compartilham das suas paixões. Hello é provavelmente a palavra mais falada no mundo, depois de “Ok”. Olá, Oi, alô, holá, Aló, halo, āllo, hallo, alló, hello. Medo e ódio não tem lugar quando você faz esse simples e amigável gesto para uma outra pessoa”, comenta Orkut Buyukkokten, na apresentação da rede.

A Hello traz elementos novos e interessantes, ainda está em seus primeiros meses, em uma fase de “teste”, mas promete cair no gosto popular, assim como o antigo Orkut.

Sobre o autor

Natalie Ferreira

Natalie Ferreira

21 anos, estudante de Publicidade e Propaganda, apaixonada por comunicação.

Deixe seu comentário

10 + 11 =

Comentários

João Nunes Silva
Excelente artigo Natalie, muito bacana e tomara que esta nova rede social de certo! Gostaria apenas de fazer uma pergunta sobre essa rede social. Posso? Ela tem algo específico para empresas? Divulgação de seus produtos/serviços ou ao menos uma área para as pessoas poderem ver as empresas por lá?