Quais os erros mais comuns das lojas virtuais

Mauricio Shinmi

Escrito por Mauricio Shinmi

22 | 03 | 2017
Tempo de leitura 2 min de leitura

Como são inúmeros os erros, o artigo será atualizado constantemente, tornando-se quase um post infinito. Última atualização: (22/03) .

Segue a lista com os erros mais comuns dos e-commerce:

– Falta de investimento

O erro mais comum entre as lojas virtuais, e o mais importante, é a falta de investimento em marketing, ferramentas, inovação e mão de obra.

Exato, não adianta ter um e-commerce lindo e funcional sendo que ninguém o encontra. Sua marca pode até ter FORÇA do NOME em sua cidade e região, mas e no Brasil inteiro? Quem você acha que vai digitar o nome da sua empresa para comprar o seu produto?

Um exemplo que sempre dou é: criar um site e não investir é como se você montasse uma loja no deserto; ninguém vai te encontrar, não existe milagre para ter sucesso na internet.

Ferramentas e inovação: a plataforma pode ser excelente, mas provavelmente não terá todas as ferramentas e tecnologia do mundo. Por isso, existem empresas específicas para isso. Conheça sobre ChatBots, Integrações, Logística, Pagamentos, Anti Fraude, Conversões e outros.

Mão de obra: você precisa ter alguém focado no seu site, cadastrando produtos, respondendo e-mails e chat on-line, analisando preços do mercado e estratégias. Agilidade e interação com o consumidor são essenciais nos dias de hoje.

Modelo de negócio

Já tem um para a sua loja física? Ótimo! Vamos aproveitá-lo e modificá-lo para a loja virtual. Isso mesmo! São coisas um pouco diferentes, por isso, tenha em mente quais são seus objetivos, metas, público, produtos, diferenciais, promoções, integrações…

O Sebrae tem bastante conteúdo de como montar o seu plano de negócios para e-commerce:

– Não ser omnichannel

Sim, você precisa estar em TODOS os canais! O consumidor mudou, seus hábitos, rotinas mudaram e você precisa mudar com isso, caso contrário sua marca deixará de existir

O grande desafio para os varejistas é olhar todos os canais disponíveis e trabalhar de forma sinérgica e coordenada entre eles, integrando processos como logística, armazenamento, distribuição, atendimento ao cliente, banco de dados e marketing.

Saiba mais sobre omnichannel

Usabilidade (UX) em segundo plano

Um tema ainda pouco discutido e com grande importância em conversões é a famosa Experiência do Usuário no seu site (UX).

Uma boa experiência do seu cliente gera o famoso marketing “boca a boca”. Para chegar a ele não basta VOCÊ achar que o seu site está bonito e de fácil navegação, sempre faça as seguintes perguntas:

Perguntas típicas de UX:
1 – Quantos cliques meu cliente precisa dar para achar o produto que ele quer?
2 – Quantos cliques ele precisa para fechar a compra?
3 – Será que ele irá acessar bastante por 3G ou 4G? Como está a velocidade do meu site?
4 – Meu site é atualizado constantemente?
5 – Como está a taxa de conversão do meu site?
6 – E a taxa de rejeição?

Utilize ferramentas como Google Analytics, Webmaster tools, Page speed pois são gratuitas e dão relatórios bem interessantes.

E fim?

Não, estamos longe disso, mas para este artigo vou fazer algo diferente. Como disse lá no começo, vou atualizá-lo constantemente com os erros das lojas virtuais. Portanto, fique ligado que em breve apontarei mais erros.

Se inscreva em nosso site para receber novidades ok?

Sobre o autor

Mauricio Shinmi

Mauricio Shinmi

Com 17 anos de experiência na área de marketing digital e SEO, está na lista dos 50 maiores especialistas de Wordpress do Brasil, faz parte do conselho de tecnologia e inovação de Presidente Prudente - SP, certificado 8'Ps, UX, Google Sales e sócio fundador da Oxigenweb.

Deixe seu comentário

nove − dois =

Comentários

RAFAEL BENITO
Gostaria de saber sobre a escolha da melhor plataforma para o ecommerce, é muito comum, escolherem errado? Quais plataformas aconselha?
Mauricio Shinmi
Olá Rafael, tudo bem? Realmente, falar na escolha da melhor plataforma para o seu e-commerce é um pouco complicado, mas acredito que o maior impacto mesmo é na expertise da empresa que vai criar a loja para você, plataformas como: Magento, Wordpress, VTEX, Rakuten e qualquer outro atendem muito bem as necessidades, acho que a dificuldade mesmo é escolher a empresa que vai gerenciar isso para você. Minha opinião ok? Um grande abraço.