займ онлайн

Tendências de Design Gráfico em 2017

Rafael Ladwig

Encerramos o primeiro semestre de 2017 e já nessa primeira metade do ano, algumas tendências de design gráfico conquistaram seu espaço e se fizeram presente em inúmeros trabalhos.

Essa informação é bem vinda mesmo que você não trabalhe com design gráfico, agora, se você é um designer, não pode ficar por fora dessas tendências, algumas batidas e facilmente reconhecidas pelo seu estilo, outras que passam sutilmente despercebidas.

Confira abaixo algumas das mais usadas:

Cores mais altas e brilhantes

Cores sutis e leves foram usadas ao longo dos últimos anos, várias empresas do ramo tecnológico se prenderam ao visual elegante, na intenção de criar um visual limpo, transpassando a ideia de que os visuais de filmes de ficção cientificas já estavam aqui.

Tudo mudou quando a gigante Apple acertou em cheio em seus designs, abandonando cores neutras, como branco, cinza e preto, apostando em cheio em cores mais vivas e chamativas.

Várias empresas já adotaram essa tendência e fizeram dela a identidade visual de seus serviços e produtos, destaque para o serviço de stream Spotify, que usa cores vivas mescladas com imagens em preto e branco, que garantiu uma identidade visual facilmente reconhecida pelos seus usuários.

Adotar essa tendência não significa abandonar as raízes da marca e fugir totalmente do que pretendem exibir, um exemplo é a rede social Instagram que adotou cores mais vivas e brilhantes ao seus ícones sem abrir mão do seu padrão minimalista.

Tipografia Negrito

Essa tendência chega com tudo para combater a saturação de conteúdos e conquistar a atenção dos leitores, abusa de fontes grandes que se destacam e chamam muita atenção.

O HubSpot uma das maiores ferramentas de vendas e inbound marketing do mercado adotou essa tendência em suas postagens em mídias sociais na intenção de que o conteúdo seja absorvido pelos seu seguidores. O uso de aparelhos móveis faz dessa tendência extremamente necessária.

Obviamente, mais e mais pessoas estarão usando seus telefones para acessar conteúdos e a maneira como esse conteúdo será apresentado precisa ser eficiente.

Fotos autênticas

A necessidade de imagens de qualidade tem crescido junto com a alta demanda de conteúdo criado e trabalhar com imagens genéricas tem se mostrado uma estrategia eficiente, dando as imagens uma vida útil muito maior.

O problema dessa tendência, é que imagens genéricas são usadas por todos, gerando a necessidade da criação de um conteúdo original com a cara da sua empresa e de seu negócio.

Investir em profissionais de fotografia é uma saída que muitas empresas estão encontrando. Pequenos ensaios podem render imagens que podem ser usadas ao longo de um ano, por exemplo.

Com ensaios originais trazemos uma identidade pessoal à nossa marca.

Gráficos e ícones desenhados à mão

A necessidade de imagens autenticas também influencia em ícones e gráficos, já que tal material é usado por inúmeras empresas.

A solução para fugir de ícones e gráficos saturados é desenha-los à mão, especialmente para sua empresa. Dando um elemento divertido e pessoal ao trabalho, coisa que não se consegue com ícones padrões encontrados pela internet.

Muitos podem ver essa tendência como infantil ou não profissional, mas definitivamente ela ajudará a obter destaque.

Por exemplo, o Dropbox adotou o uso de ilustrações desenhadas à mão em tudo o que eles fazem.

Ele tornou-se parte de sua marca agora e é facilmente reconhecível.

Minimalismo

Essa tendência volta com tudo em logos com o verdadeiro espírito de minimalismo, trabalhos reduzidos, com elementos de design funcionais.

Este é o ano em que o minimalismo, com sorte, recupera seu espaço, e isso envolve o uso de muito mais cor.Os dispositivos móveis agora são tão poderosos quanto os computadores e alguns ainda possuem telas melhores.

Um novo logotipo influenciado pelo minimalismo e com cores aconteceu há alguns anos com o Google, que é um catalisador para muitas dessas novas tendências.

Eles se afastaram um pouco do seu tipo de letra, mas também estrearam um novo logotipo “G” .

GIFs úteis

Adorado por uns, odiado por outros, o GIF é o formato ideal quando você precisa transmitir um sentimento e o texto não é suficiente.

Além disso, eles não exigem nenhum software especial em sua criação, geralmente têm um tamanho de arquivo pequeno e podem ser incorporados em quase todos os lugares.

Portanto, eles são melhores que vídeos e imagens, na maioria dos casos, quando o tempo de carregamento ou o uso de dados precisam ser minimizados, sua versatilidade é o que fez desse formato uma tendência de design em 2017.

Dois tons

Usar dois tons numa combinação de cores em uma imagem, geralmente usando cores muito brilhantes ou contrastantes tem sido uma das tendências mais usadas esse ano.

Essa técnica exige um pouco de trabalho de design, mas definitivamente vale a pena.

Também foi uma tendência adotada pelo serviços de stream Spotify, eles conseguiram usar essa abordagem para colorir e se destacarem não apenas no espaço de transmissão, mas na música em geral.

Conclusão

O impulso do design deste ano é a rebelião dos designers contra o excesso de limpeza.

Veremos designs com abordagens novas de forma intensa, inovadora e com beleza.

Todas essas tendências de design, assim como as do passado serão fortalecidas pelas principais empresas de tecnologia do mundo, já que elas possuem influência, poder aquisitivo e talentos à disposição para testar ideias e encontrar aquilo que funciona de forma melhor.

TAGS: , , , ,
1

Rafael Ladwig

Estudante de Direito, assíduo em séries, fascinado por filmes nacionais, blogueiro e escritor nas horas vagas.

Comentários

  1. Antonio disse:

    ótimo artigo!
    muito útil e interessante

  2. Mauricio disse:

    Muito bom Rafa! Parabéns pelo artigo!

Deixe uma resposta