Tendências de Design para 2015

Alana Rosa

Escrito por Alana Rosa

03 | 02 | 2015
Tempo de leitura 2 min de leitura

Segundo Alexandre Wollner, um dos fundadores do design no Brasil, o design tem como sua principal e mais básica definição, projeto. Mas não tão simples quanto parece; esse tipo de projeto exige boas ideias, criatividade, inovação, funcionalidade, e muita dedicação.

Tendencias 2015

Uma das grandes características do design é estar sempre buscando coisas novas, suprindo as necessidades e respondendo as expectativas. Seguindo o método de inovações o design é movido na maioria das vezes pelas tendências.

Tendência significa conduzir a um caminho, indicar algo, e estar em constante mudança conforme o tempo e suas exigências. Você pode se perguntar como os dois agem juntos e como isso pode fazer diferença no seu campo profissional. Aqui vai sua resposta.

Você certamente já ouviu falar em tendência de design, elas estão presentes na nossa vida, e nós presos a elas, mesmo sem perceber. É muito importante sua empresa ter o conhecimento sobre tendências para quando uma novidade chegar você não parecer estar parado no tempo, desatualizado no mercado. Tanto quanto em anúncios como em sites e em muitos outros meios.

Mas também existe momentos que é preciso tomar cuidado com as tendências e pensar duas vezes antes de segui-las ao pé da letra. Como por exemplo, na criação de um logo; ele precisa durar o maior tempo possível com menos alterações possíveis, mas se ele seguir uma tendência, algum tempo depois seu logo pode parecer ultrapassado.

Em sites é muito importante investir na aparência visual, e para isso é importante saber quais as ultimas tendências.

Se inspire em 10 tendências de design para sites propostas para 2015:

1- Rolagem infinita. (esse recurso permite uma exibição ordenada e atraente de uma grande quantidade de informação).
2- Interação. (ter um bom conteúdo é regra básica para um site. Porém, contar uma história através da navegação é um grande diferencial).
3- Cabeçalho sem imagem de fundo. (designers estão saindo do senso comum e ousando com sites mais simples e minimalistas, usando somente a tipografia como diferencial).
4- Simplicidade. (a ideia é eliminar excessos e tudo o que não for necessário para o projeto).
5- Largura fixa e centralizada. (fixa e centralizada, mas que ainda se ajusta ao tamanho da tela).
6- Fotos de alta qualidade. (customização é uma dica para passar o máximo de credibilidade e confiança em seu projeto).
7- Menu de aplicativos. (a tendência é que eles apareçam discretamente nas laterais e se expandam quando o visitante passar com o mouse sobre eles).
8- Menu oculto. (além de deixar o design limpo e funcional serve também para garantir a responsividade do layout para outras plataformas).
9- Tipografia grande. (funciona como uma forma de ordenar informações).
10- Desempenho e velocidade. (a rapidez obriga os designers e programadores a serem mais criativos em seus projetos para acompanhar a própria evolução digital).

Uma dica é não aplicar 100% de conceitos novos que podem ser facilmente substituídos; O ideal é se apegar ao básico, sempre personalizado com o seu estilo, e com estilo do público para ele nunca deixar de se sentir atraído.

Sobre o autor

Alana Rosa

Alana Rosa

Estudante de Publicidade e Propaganda. Movida por sonhos e pensamentos positivos.

Deixe seu comentário

1 + dezoito =