Facebook atualiza forma como (CPC) custo por clique é medido.

Jean Gea

Escrito por Jean Gea

13 | 11 | 2015
Tempo de leitura 2 min de leitura

Sabendo que o facebook é a rede social mais utilizada no mundo (com mais de 1,44 bilhões de usuários mensais ativos), a área da propaganda foi explorada nesta rede. A possibilidade de segmentar o publico é grande sacada do Facebook, pois os anúncios circulam na rede com os perfis já pré-definidos pelos anunciantes como idade, sexo, estado, cidade e outras opções, e através destes perfis o facebook gera dados mostrando a quantidade de pessoas que você pode atingir com a publicidade.

Para a divulgação dessas publicidades o Facebook conta com duas maneiras diferentes de pagá-las quando colocadas na rede. Uma é a custo por clique (CPC) e a outra custo por mil impressão. O objetivo das duas são bem distintos o CPC busca uma interação momentânea com o usuário como comprar, baixar arquivos ou apps. O CPM é direcionado a eventos, novidades de uma marca, algo que estimule a curiosidade do usuário. O CPC é o mais viável para a maioria dos casos já que os anunciantes procuram a visibilidade e a interação do publico com os produtos.

Devido a grande demanda de publicidades cada vez mais direcionas ao seu publico, o facebook divulgou no dia 13 de julho de 2015 uma atualização no CPC. A atualização foi definida para mostrar resultados mais satisfatórios aos anunciantes, e entrou totalmente em vigor no dia 7 de outubro de 2015, quando o modo desatualizado do CPC ficou indisponível.

CPC - Custo por Clique

O que você vai encontrar neste artigo:

Custo por cliques antes e depois da atualização.

O custo por clique (CPC) antes da atualização era medido através de quaisquer cliques que a publicação recebia por usuários como curtidas, comentários, compartilhamentos, e até links de ligação com outros sites geravam custos com valores já determinados na configuração das campanhas. A partir desta nova atualização os cliques não serão mais medidos através de todas as ações feitas com a publicação, essa contagem será feita através de objetivos determinados como cliques utilizados para direcionar o usuário ao site da loja, lojas de apps ou links do anunciante.

Facebook Adsense

Separar os cliques no link dos cliques de envolvimento faz com que os anunciantes tenham uma visão mais clara de que seu dinheiro investido esta lhe rendendo resultados, já que no seu índice taxa de cliques o numero de cliques contabilizados serão apenas os de ligação (links). A baixa na taxa de clique contabilizado pelo facebook será grande já que os cliques de envolvimento sairão dessa contabilidade.

Estatisticamente pensando com a contagem de cliques mais restrita os anúncios deverão ficar mais baratos? Pois bem, essa é uma duvida que ficará no ar, já que com a atualização no processo o custo por clique também sofreu atualizações em seu custo.

Sobre o autor

Jean Gea

Jean Gea

Faço dos momentos mais simples momentos de grandes oportunidades.

Deixe seu comentário

11 + cinco =